segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Molho de Vilão

Bom dia!!!

Tal como vos disse quando anunciei a minha parceria com a empresa Azores Gourmet já à algum tempo que estava decidida a explorar melhor a bela gastronomia Açoriana, e esta parceria deu-me o pretexto perfeito para o fazer. Afinal, estando cá há já 4 anos penso que tenho de vos dar a conhecer um pouco mais o que de maravilhoso à por cá! E não, não é só o ananás e o chá...

Decidi começar pelo básico, que é pedir aos residentes de cá (São Miguel) dicas e receitas que me pudessem ajudar nesta minha demanda. E quando pedi depressa as respostas se fizeram ouvir, e mais depressa ainda me decidi por uma: molho de vilão, que é uma companhia constante em várias receitas típicas, nomeadamente nos chicharros fritos (receita em breve cá no blogue).

Mas na verdade falta-me a prática e a mão para estas receitas.. afinal ninguém tem receitas com quantidades exactas "juntas cebola e azeite e pimenta da terra", "não te esqueças dos pimentos" e eu nunca tinha visto nem provado este molho como é que iria conseguir fazer e ter a certeza que estava a provar a verdadeira receita?

Felizmente há amigas como a Arminda, que logo se disponibilizam a ajudar! "Eu vou contigo e dou-te uma ajuda a preparar.. e depois vou para casa!" e claro que a minha resposta foi logo "Nada disso! Ficas a jantar connosco"  E assim, de forma tão simples e genuína, depressa éramos 4 à mesa entre conversas e risos a degustar uns belos chicharrinhos fritos com molho de vilão...

Hoje deixo-vos o molho:


E uma dica preciosa: se se querem aventurar na gastronomia açoriana há um ingrediente essencial e comum a quase todas as receitas: a Pimenta da Terra. Uma particularidade quanto a este ingrediente é que ele pose ser usado simples (sobre um queijo fresco ou umas tostas) ou cozinhado. E acreditem quando vos digo não há quem não a conheça (ou não a use) por cá (S. Miguel)! Chegaram-me mesmo a perguntar como é que eu conseguia cozinhar sem ela! Hehehe
Hoje vou usar a variedade picante (que é também a que tem mais saída).

A receita:
5 dentes de alho
1 pedaço pequeno de pimento vermelho
1 pedaço pequeno de pimento verde
5 colheres de sopa de azeite
5 colheres de sopa de vinho branco


Numa frigideira coloque os alhos e os pimentos picados em cubos pequenos junto com o azeite e deixe refogar até dourar. Acrescente a pimenta da terra e misture bem. Por fim acrescente o vinho branco, deixe mais uns minutos misturando bem e retire do lume.


De ficar com água na boca!

Espero que gostem,
Beijinhos,
Su

10 comentários:

  1. Já usei esse molho mas com robalo .
    Fica uma maravilha
    O teu ficou com muito bom aspecto
    bj

    ResponderEliminar
  2. jummm delicia este molhinho aqui ia fazer sucesso

    ResponderEliminar
  3. Gostei sim Sra. Eu gosto imenso de receitas tradicionais, sejam elas de onde forem.
    Um beijinho e boa semana

    ResponderEliminar
  4. Adoro molho de vilão e como boa açoriana faço-o ( e como-o) desde sempre,mas o meu é bem diferente, só tem em comum mesmo ...a pimenta da terra, rsrsr. No entanto o teu também tem uma cor muito bonita.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  5. Por acaso já conhecia este molho, é mesmo bom para peixe!
    O meu pai trabalhou uns meses em São Miguel e adora massa de pimentão com queijo fresco :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  6. Conheci a pimenta da teraa quando estive nos Açores, há alguns anos atrás e achei fantástica, a acompanhar um delicioso queijo. ;)
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Que belo molhinho! Deve de ser muito saboroso e versátil! :)
    Beijinhos doces.

    ResponderEliminar
  8. Huuuuuuuummmmmmmm... Dá vontade de experimentar Tuuudo o que você faz em seu Blog :o)
    Beijos Márcia (Rio de Janeiro - Brasil)
     
    http://decolherpracolher.blogspot.com

    ResponderEliminar