quarta-feira, 15 de maio de 2013

Pasteis preguiçosos

Olá a todos!!!

Tudo começou com uma celebração.
Ele trouxe um prato de pasteis de nata para comemorar uma vitória e ofereceu a todos. 9 pasteis, 9 pessoas... "Vou comer mais tarde", pensou ela, "vou almoçar e depois, quando voltar, tenho uma sobremesa à minha espera".
Mas a hora do almoço foi mais demorada, entre risos e conversas, e quando voltou é que o viu: ele estava a tirar do prato o último pastel de nata! E foi assim que começou... Afinal começa sempre com coisas insignificantes...
Ela olhou para ele e a inveja instalou-se leve e inesperadamente! Afinal aquele era o seu pastel!

 E porque um pecado nunca vem só, ela olhou quando ele deu a primeira dentada e o creme se soltou das amarras da massa folhada e revelou todo o seu esplendor! E assim surge a gula... Mesmo depois de um farto almoço ela seria capaz de comer 5, 10, 20 daqueles pasteis!
Vê-lo comer aquele pastel começou a ser uma tortura, afinal cada dentada seduzia-a, fazendo-a olhar para o pastel a ser comido quase em câmara lenta, sendo cada dentada um acto sedutor que lhe despertou a luxúria...
Mas o pastel chegou ao fim, ele lavou as mãos e foi embora. E foi então que a ira se instalou... aquele era o seu pastel! o seu!!! Como poderia ele ter tirado o último pastel?
E logo a ela! Ela que era famosa por fazer os melhores pasteis, os melhores doces! ela que era e sempre seria a melhor! (e assim, rapidamente, se instalou a soberba no seu coração).

Mas ele vai paga-las... vou fazer pasteis e não vou dar nenhum! São todos para mim e ninguém lhes toca!!! (a avareza tinha tomado posse).
E então chegou a casa e deu-se conta que em cima da mesa estava um prato com um pastel e um recado:
"Amor, sei que tinha pedido para fazeres os pasteis para a minha comemoração, mas como vi que não tinhas feito resolvi pegar nos ingredientes, ver o livro de receitas e fazer eu. Sei que não ficaram tão bons como os teus, mas deixei este para ti. Espero que gostes!"

E foi assim que ela percebeu! Todos os pecados que lhe enegreceram o coração começaram no dia anterior, quando a preguiça se instalou e ela, mesmo tendo prometido fazer os pasteis, foi para a cama mais cedo e adormeceu.

E depois da primeira dentada percebeu, todos os pecados saíram a correr do seu coração enegrecido a cada dentada divina, e fez-se luz: aqueles seriam para sempre os seus pasteis preguiçosos!!!


Depois de fazer esta tarte de natas lembrei-me de utilizar umas folhas de massa filo que tinha no frigorífico para fazer estes pasteis. E em boa hora o fiz! Ficaram uma delícia, e foi uma óptima solução para levar um docinho para o trabalho... sim porque um docinho a meio do dia de trabalho só nos dá mais forças para continuar, não é assim?

Quando vi este desafio gostei imenso, e fiquei logo cheia de vontade em participar. Quando estava a fazer os pasteis sabia que seria esta a receita eleita, e o primeiro pecado que me surgiu na ideia foi a inveja. Mas quando estava a criar este post surgiu a história que vos contei e soube... Os pasteis eram preguiçosos! e este é o pecado destes pasteis...

Fiz assim (8pasteis):
2 folhas de massa filo
manteiga derretida
500ml de leite
3 colheres de sopa de farinha custard
4 colheres de sopa de açúcar
3 gemas de ocos
canela
açúcar dourado Vahiné
iogurte grego natural
canela qb

 Dividir cada folha em quatro quadrados e cada quadrado em dois triângulos. Pincelar cada formilha de queijadas com manteiga derretida, 2 triangulos com manteiga, colocar um por cima do outro e forrar a base de cada forma. Pincelar novamente com manteiga.
Numa panela misturar as gemas com o açúcar e a farinha, juntar o leite e levar em lume brando mexendo sempre até engrossar. Colocar o creme em cada forma e levar ao lume até a massa filo ficar dourada.
Servir polvilhado com canela acompanhado com iogurte grego polvilhado com canela e açúcar dourado.

Alguém quer??? Ou ficaram com preguiça para os vir buscar???

24 comentários:

  1. Que bela participação! :)

    O meu pecado é mesmo a gula...eu era menina para os comer a todos! Adorei estes pastéis...

    ResponderEliminar
  2. Bom dia Su,
    Adorei, adorei, adorei! :)
    Acho que vou levar uma comigo! :)
    Bjinho

    Katia
    http://entretachosebimby.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Adorei a história :) Ahhh e não estou com preguiça para ir aí buscar um...ou dois...ou até três :p
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Adorei estes pastéis!!! Ficaram com um aspecto delicioso e a cor é fantástica :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  5. Que maravilhosos pasteis...
    beijinhos e um bom dia :)

    ResponderEliminar
  6. além dos pastéis terem ficado com um aspecto excepcional, gostei muito da história! beijinhos e obrigada por participares

    ResponderEliminar
  7. Uns pastéis maravilhosos amiga! Fiquei a olhar para eles com vontade de passar 1 cá para este lado :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Susana, gostei muito da participação, mas também do texto que a acompanha.

    Êxito!

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  9. Uau! que delícia! Pastéis de nata são dignos de uma bela confeitaria! Estão lindos! E a apresentação ficou super chique! bjokas*
    http://ilovecupcakesbrazil.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  10. Parece delicioso… Aliás, como tudo o que você posta em seu Blog :0)
    Beijos Márcia (Rio de Janeiro - Brasil)

    http://decolherpracolher.blogspot.com

    ResponderEliminar
  11. E que maravilha de pasteis adorei
    beijos

    ResponderEliminar
  12. Gostei muita da participação e da história, bem bacana. Os pastéis ficaram magnificos, bem queria provar um se pudesse. Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Adorei a historia e o aspeto dos bolinhos!!! também quero provar esse!!! beijos minha linda e parabéns.

    ResponderEliminar
  14. A história é fantástica e gostei muito dos teus pastéis preguiçosos!
    Uma beijoca

    ResponderEliminar
  15. Olá, estes pastéis preguiça, têm um aspeto muito energético :)
    Parabéns pelo blogue :)

    ResponderEliminar
  16. Mas. Que. Tentação. Amei. E a sugestão de servir com iogurte grego: que original. :)

    ResponderEliminar
  17. Preguiçosos ou não, têm um aspecto tão bom que fiquei com vontade de provar. Boa sugestão. ;)
    Beijinho.

    Célio Cruz
    http://sweet-gula.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  18. Gostei muito do texto e da inspiração, os pastéis também estão uma delícia ;) beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Mas que bela participação e com todos os pecados capitais na história. Adorei a história e fiquei com "inveja" de não provar um desses pastéis.
    Kiss, Susana
    Nota: Ver o passatempo a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/05/2-edicao-do-projeto-escolha-do.html

    ResponderEliminar
  20. Ai preguiça! Tu achas que alguem tem esse pecado, à frente destes luxuriosos pastéis??
    Eu tenho é invejita, de nao poder provar!!
    Bela participação!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar